Passar para o conteúdo principal

Colaboração com Gavi, The Vaccine Alliance

Acrescentando vidas às gerações futuras

+

0

Crianças vacinadas

Contexto

Gavi, The Vaccine Alliance, foi fundada em 2000 como uma parceria público-privada com a missão de salvar vidas de crianças e proteger pessoas, aumentando o acesso à vacinação nos países mais pobres. Desde sua criação, ela imunizou com sucesso 981 milhões de crianças e evitou mais de 16 milhões de mortes prematuras. O Conselho Executivo da Gavi compreende, entre outras, organizações como UNICEF, Fundação Bill & Melinda Gates, Organização Mundial da Saúde, Banco Mundial, governos de diferentes países, organizações de pesquisa, fabricantes de vacinas e parceiros do setor privado.

A Fundação "la Caixa" tornou-se o primeiro parceiro privado da Gavi em 2008, criando uma aliança para a vacinação infantil com o objetivo de dar a empresas espanholas, organizações sem fins lucrativos e pessoas físicas a oportunidade de colaborar com a Gavi em sua luta contra a mortalidade infantil. Além disso, a Fundação "la Caixa" juntamente com a Fundação Bill & Melinda Gates duplicou, respectivamente, através de contribuições equivalentes, todos os fundos doados à Gavi por empresas, organizações e indivíduos, multiplicando por quatro os esforços contra a mortalidade infantil.

Objetivos do projeto

O objetivo da Gavi, The Vaccine Alliance, é salvar vidas de crianças e proteger as pessoas aumentando os níveis de vacinação nos países mais pobres. O acesso às vacinas pode transformar a vida dessas pessoas, impulsionando as economias dos países de baixa renda e ajudando a tornar o mundo um lugar mais seguro para todos.

Desenvolvimento do projeto

Os países elegíveis podem solicitar ao Gavi, The Vaccine Alliance, apoio em quatro áreas distintas: fortalecimento de sistemas de saúde, apoio à imunização, otimização de equipamentos da cadeia de frio e assistência técnica. Os países devem ser capazes de localizar comunidades de difícil acesso e identificar as crianças que ainda não foram imunizadas com o cronograma de vacinas recomendado pela Organização Mundial da Saúde. Além disso, espera-se que cada país realize análises abrangentes das lacunas de imunização para determinar o nível de investimento necessário nos anos subseqüentes.

Um Comitê Independente é responsável pela avaliação de todas as aplicações. Uma vez aprovado um pedido, fundos e/ou vacinas são enviados ao país, iniciando assim um ciclo de implementação no qual os países devem monitorar anualmente e informar sobre o progresso dos programas para que a ajuda seja renovada.

Gavi trabalha lado a lado com os países beneficiários com o objetivo final de construir sistemas de saúde fortes que lhes permitam ser totalmente auto-sustentáveis no futuro.

Resultados

A contribuição da Fundação Amara NextGen ajudará a vacinar mais de 800 crianças, um número que será multiplicado por 4, graças às contribuições paralelas da Fundação "La Caixa" e da Fundação Bill e Melinda Gates. Desde sua criação em 2000, GAVI, The Vaccine Alliance alcançou os seguintes marcos globais:

Melhoria da sobrevivência infantil: o aumento da vacinação ajudou a reduzir a mortalidade infantil pela metade, evitando mais de 16 milhões de mortes e reduzindo drasticamente a incidência de doenças infecciosas.

Nações mais prósperas: com a melhoria da saúde infantil, as comunidades e os países estão mais aptos a prosperar. O retorno estimado é de US$ 54 para cada dólar investido em imunização.

Melhoria da saúde global: a GAVI ajudou a melhorar os sistemas de saúde dos países mais pobres, permitindo-lhes prevenir surtos que ameaçam suas populações e proteger milhões de pessoas em todo o mundo.